segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Os vírus

 Vírus são agentes infecciosos que são responsáveis por inúmeras patologias. Sua constituição é a partir de ácidos nucleicos e proteínas, podem possuir ou não envelope (se possuírem, são chamados de envelopados). Exemplos de doenças acometidas por eles são: varíola, gripe, HIV (aids), raiva, caxumba, dengue, hepatites, sarampo, rubéola, poliomielite, febre amarela, catapora, herpes etc.
 Não possuem células, portanto não se enquadrariam na categoria de seres vivos. De acordo com a teoria celular: todos os seres vivos são compostos por células. Porém, podem se reproduzir, mesmo que utilizem da maquinaria das células para isto. Portanto, não podemos afirmar se são ou não seres vivos.
 A reprodução é divida em ciclos:
 O ciclo lítico: Há fixação do vírus na célula hospedeira, penetração com inserção do genoma viral no interior da célula, utilização dos mecanismos desta para síntese de partículas virais que são organizados e constituirão novos parasitas. Por fim, há um rompimento da célula (lise celular) e liberação dos novos vírus.
 O ciclo lisogênico: Não há interferência no mecanismo celular, mas há o material genético viral inserido no interior da célula hospedeira. Porém, nas divisões mitóticas há transmissão de material genético e genoma do vírus. É finalizado com o ciclo lítico.

 Componentes:
 O ácido nucleico é envolto por uma cápsula proteica, capsídeo. O capsídeo + ácido nucleico formam o nucleocapsídeo. Alguns apresentam envelope, como mencionado anteriormente. A constituição do envelope é a base de lipídios vindos da membrana das células hospedeiras.

 O que é transcriptase reversa?
 É uma enzima que participa do processo de transcrição inversa (ou seja, formação do DNA a partir do RNA, em vez de ser ao contrário).

 O que são bacteriófagos?
 São vírus que infectam bactérias.

 Prevenções e tratamentos:
 As vacinas são os meios mais eficientes de prevenção.

 Por: Marly Machado