quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Histologia 3: Tecido muscular

 A principal função do tecido muscular é a de contração, o que possibilita a movimentação. As células recebem um nome diferente: fibras musculares ou miócitos, com presença de filamentos proteicos, actina e miosina. Elas podem ser extensas, macroscópicas; por isso podem ser chamadas de fibras musculares.

 Classificação:
 * Muscular liso: a contração é involuntária e lenta. Ocorre nas artérias, esôfago, estômago e intestino (o que conhecemos como movimentos peristálticos).

 * Muscular estriado cardíaco: apenas no coração e a contração é involuntária (você não controla seus batimentos cardíacos, ou seja, não depende da sua vontade).

 * Muscular estriado esquelético: células plurinucleadas. Preso aos ossos e a contração é voluntária (depende do indivíduo).

 A contração:
 Neste processo, falaremos dos filamentos proteicos, como já citados anteriormente: actina e miosina.
 * Actina: filamentos mais finos.
 * Miosina: filamentos mais espessos.

 A célula recebe nomes diferentes:
 Sarcoplasma: citoplasma;
 Retículo sarcoplasmático (retículo endoplasmático liso): armazena cálcio;
 Miofibrilas: citoesqueleto;

 Sarcômeros: unidades contráteis. Possui actina e miosina.

 Assim que estimulado, o retículo sarcoplasmático libera o cálcio armazenado no sarcoplasma. O sarcômero poderá se contrair. Tanto para contrair como para relaxar as fibras, há gasto de ATP.

 Por: Marly Machado